SLIDE

22.10.14

Dicas e cuidados com a sua roupa intima (lingerie)


Delicadas e frágeis, as roupas intimas femininas, também conhecidas como lingeries, precisam de cuidados especiais na hora de lavar, secar e até mesmo guardar. Você sabia? Se sabia, coloca em prática ou é daquelas que sai espalhando calcinha e sutiã pela casa toda? Acontece... Mas depois de ler esse post tenho certeza que você irá mudar de atitude. Afinal, o resultado dos bons cuidados é a maior durabilidade das peças intimas e proteção contra fungos e bactérias. 


Para tirar todas as dúvidas e algumas minhas é claro, sobre como cuidar de calcinhas e sutiãs, fui até uma das lojas mais conceituadas de Juiz de Fora, MariaPortugal, que trabalha com moda intima e moda praia há muitos anos, para anotar algumas orientações e reforçar as que eu já fazia. Adianto, que consegui várias dicas bem legais! 


Toda lingerie é desenvolvida com materiais especiais que visam um maior conforto, proporcionando beleza e charme às peças. Isso requer um super cuidado no seu manuseio e em sua conservação. Então, antes de sair deixando a lingerie pelo chão da casa, borá aprender os símbolos de instruções de lavagem que acompanham a etiqueta das peças. Neste post, clique aqui, expliquei tudinho de como funciona essas etiquetas, mas essa imagem abaixo ajuda muito.


Feito a analise dos símbolos, vamos as dicas. É importante antes de começar a lavar, secar ou guarda a peça respeitar esse significados. Se a lavagem é a mão para sutiãs com bojo, aro e detalhes mais delicados, faça o que está escrito, pois a máquina pode torcer e quebrar o aro, amassar o bojo e deixar seu sutiã desfigurado. Já as calcinhas e os sutiãs que não tem aro, bojos ou detalhes como cristas e renda, podem ser lavados na máquina dentro do saquinho de roupas delicadas. Mas não torça ao terminar. 
Uma dica muito legal da Maria Portugal é comprar saquinhos para colocar a lingerie dentro da maquina, pois assim evita o resgate das peças. Nessas lojas de utilidades vocês já encontram os saquinho especiais e até bolas plásticas rígidas, que servem para acomodar sutiãs espumados na lavadora. Mas como faz para lavar sem esses saquinhos? Bem, sabão neutro e água morna, mas deve estar numa temperatura que mais se aproxime da fria, são os suficientes. A água quente pode prejudicar as peças a longo prazo. Além disso, o calor também predispõe à formação de fungos. Nas etiquetas geralmente está indicado, que a temperatura da lavagem não ultrapasse os 40ºC. Já existe no mercado produtos especializados para lavar lingerie, com fórmulas que não agridem os tecidos e tem o pH neutro.
Após a lavagem, agora é hora de colocar para secar. Vale lembrar, que o sol pode causar desgastes dos tecidos e esmaecer as cores. Procure um lugar arejado e pendure as peças. Ah! Existem prendedores que também são mais indicados para a lingerie. Passar as peças com ferro somente se elas forem feitas com 100% de algodão.


Agora que as peças intimas secaram é hora de guardar. Eu tinha inúmeras dúvidas sobre a maneira correta. A Maria Portugal recomenda que sutiãs com bojo devem ser guardados abertos, de maneira que fiquem empilhados um por cima do outro, para ocupar menos espaço. Nunca vire o bojo, você pode danificá-lo. Para as calcinhas, basta dobra-las e os organizadores são uma ótimas opção. Uma dica bem legal é colocar sachês perfumados na gaveta ou pedaços de algodão embebidos em perfume na gaveta de lingeries. Fica com um cheirinho gostoso!!!
Então é isso, espero que você tenha gostado das minhas dicas e da Maria Portugal. Ah! Essas lingeries lindas que estão ilustrando o post são da marca. A loja fica na Rua Braz Bernardino, número 118. 

 “Este é um publipost, ou seja, foi patrocinado pela empresa ou produto descrito no texto. Todos os publiposts no blog Vacas&Poderosas são marcados com a tag “publicidade”, que aparece logo abaixo do post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário